sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Ídolos da Torcida

Fala Nação Alviverde

O quadro Ídolos da Torcida é um quadro em que toda sexta feira posto sobre um grande ídolo que passou pelo Coritiba!

Como ninguém comentou semana passada sobre um ídolos hoje irei falar sobre o grande :Dirceu Kruger.

Comentem!

Dirceu Kruger

Ídolo do clube, Dirceu Krüger chegou ao Coritiba em 1966 e de lá para cá nunca mais saiu. Foi jogador, treinador, auxiliar técnico, coordenador das dategorias de base, supervisor de futebol.

Durante todo esse tempo, ele conquistou o carinho e o respeito do torcedor, provando que tem estrela. Esteve envolvido nas principais conquistas do futebol coxa-branca e inclusive foi o primeiro atletas homenageado pela torcida coritibana com uma bandeira no estádio.

"Sou torcedor do Coritiba desde criancinha. Nasci na região da Barreirinha, que sempre foi coxa-branca, principalmente na época em que eu era jovem e o bairro era menor e habitado por famílias tradicionais, alemãs, polenesas, colônias que eram de torcedores do Coxa. Então esse carinho pelo Clube vem de berço, desde cedo.

O Coritiba sempre foi o time do pai, de familiares, irmãos do meu pai, da minha mãe e sempre sonhava em vestir essa camisa. Jogava em time de várzea, no Combate Berreirinha, e depois joguei no União Ahú, pois o Combate não disputava o Campeonato Amador. Fui convidado para jogar pelo Britânia. Depois de três anos, em 1966, enfim cheguei ao Coritiba. Foi o momento mais marcante da minha vida, o fato de chamar atenção do clube que eu torço e tenho um grande carinho.

A partir daí iniciei minha história no Coritiba. Muitos são os momentos que ficam marcados, principalmente as conquistas, todas elas, sem exceção, são inesquecíveis, mas durante esses 40 anos de Coritiba, também há um momento especial. Quando sofri a contusão que quase me levou ao óbito, em 1970, houve um ato solidário muito grande da torcida, que ia me visitar no hospital e depois quando fui pra casa. Recebia visita a toda hora dos torcedores. Foi um fato que me marcou muito, primeiro pela contusão e depois pelo apoio que recebi, afinal foi quando percebi que realmente tinha prestígio da nação coxa-branca.

Viver grande parte desses 100 anos do Coritiba, para mim, é um momento de grandeza, de orgulho, por ser parte disso, já há tantos anos. Pena que não tenho 99 anos, para não ter ajudado mais. Isso engrandece a gente.

Tenho uma filha jovem, de 24 anos, que é torcedora do Coxa, se chama Marina e outro filho, que se chama Ariel. Tão gratificante hoje é ver meus filhos, que levam adiante essa tradição na família. Quem fala muito é minha filha, que é muito apaixonada pelo Clube: “Pai, puxa vida, que legal ver pessoas pegarem seu autógrafo”. Essa juventude que não me viu jogar, mas soube pelo pai, pelo avô e me prestigia é o que me deixa mais feliz. É essa juventude quem vai cuidar do Coritiba para que ele complete mais 100, 200, 300, mil anos."

Dirceu Krüger, 63 anos, trabalha no Clube há 42 anos.

Fontes:Paraná Online e Site Oficial do Coritiba

Me mande fotos , história, alguma coisa sobre um grande ídolos Coxa para eu postar!

Abraços

SAV

Bookmark e Compartilhe

4 comentários:

Ale disse...

Bah então vcs também tem um flecha, o flecha loira. Aqui no Grêmio tinha o flecha negra :P
Sinceramente não conhecia esse idolo, já que ele começou ai faz muito tempo e eu nem tava no planejamento dos meus pais. Mas é bom saber que o Coxa tem idolos que entram no clube pra não sair mais, diferente de hoje, infelizmente.
Abraços e desculpe se as vezes não passo por aki por falta de tempo hehe... o blog é ótimo!
Abraços!

http://ale-gremista.blogspot.com/

Saulo disse...

Grande, Dirceu.

Valeu e desejo força para o seu Coxa.

saulobotafogo.blogspot.com

Wilson Hebert disse...

Eu nao sabia NADA sobre o Dirceu, mas foi bom o post pra eu ficar sabendo.

Excelente, Pedro!

Cara, não sei se a torcida idolatra o Ênio Andrade, mas gostaria de ver um post dele aqui no Coxamor, pra galera ficar sabendo mais sobre o técnico CAMPEÃO BRASILEIRO com o Coritiba em 1985.

ôôoôôôhhh
pc do pedro voltoooouuu!!
hehehe

**Pitacos do Bodaum entrevista o Peixe
http://pitacosdobodaum.blogspot.com

Abração, Pedrão!!!!!

Michel Farias disse...

Como o hebert disse ai em cima, tbm não sabia nada sobre o Dirceu, foi bom postar esse assunto de Idolos, agora eu sei mais um pouquinho da história do coxa!!


Abraço Pedrinho e quando vc estiver com tempo não deixe de passar em meu blog que está com um quadro super legal!!

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/

Voltar Para o Topo