terça-feira, 9 de novembro de 2010

Oooo o CORITIBA voltou!!!


Fala Nação Alviverde

Em um jogo cheio de emoções e com gol no último minuto, o Coritiba venceu o Duque de Caxias por 3x2 no estádio São Januário e está garantido na primeira divisão do Campeonato Brasileiro 2011, mantendo a liderança da competição, ainda em busca do título da competição.

1º Tempo:

Para o confronto desta noite, o time comandado pelo técnico Ney Franco contou com o retorno do zagueiro Cleiton, que cumpriu suspensão diante do Ipatinga. A equipe iniciou com Edson Bastos, Ângelo, Cleiton, Jeci, Lucas Mendes, Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha, Enrico, Marcos Aurélio e Leonardo.

Disposto a voltar do Rio de Janeiro com a classificação garantida o Coxa partiu pra cima e logo no primeiro minuto, uma bomba de Léo Gago abriu o marcador em São Januário. O chute forte em cobrança de falta bateu na trave, nas costas do goleiro e foi morrer no fundo das redes do adversário.

Mas o adversário não estava entregue e foi em busca do empate. Aos 10', Lenilson faz jogada e bate cruzado, acertando a trave. O jogo fica bom e logo em seguida Marcois Aurélio é quem acerta o travessão adversário.

O jogo fica bastante movimentado, com as duas equipes criando. Aos 18', o Coxa chega mais uma vez com bastante perigo. Leonardo faz boa jogada, mas acaba batendo em cima do goleiro. Mas em seguida o goleiro Lopes não consegue evitar o bombardeio alviverde. Primeiro ele evita no chute de Marcos Aurélio, depois faz defesa do chute de Leonardo, Enrico acerta o rebote na trave e na quarta chance manda para o fundo das redes, ampliando a vantagem alviverde.

E se o jogo é decisivo, o que não falta é emoção e o adversário corre atrás do placar. Aos 32', em jogada da direita, Somália aproveita o cruzamento e cabeceia para o fundo das redes, deixando o adversário vivo na partida. O Coxa responde e aos 38 Rafinha arrisca em chute de longe, obrigando o goleiro adversário a se esticar todo para fazer boa defesa.

Ainda no último minuto da primeira etapa, Léo Gago tenta de cabeça, após cruzamento de Marcos Aurélio. No intervalo, o técnico Ney Franco muda o time e coloca o garoto Willian no lugar de Enrico. Logo no início, Rafinha sente e Tcheco precisa entrar na equipe alviverde.

2º Tempo:

O jogo fica muito disputado, com as duas equipes buscando o gol. Aos 17', Ney muda o time pela última vez e coloca Dudu no lugar de Lucas Mendes. Logo em seguida, escanteio para o Coxa. A bola sobra para Jeci, que bate forte, para defesa do goleiro.

Mas o Duque é perigoso também quanto ataca. Aos 20', Leandro Chjaves arrisca e Edson Bastos faz boa defesa. O atacante Somália também é perigoso e o Coxa vai se defendendo, primeiro com Jeci, em cima da linha e depois com Cleiton.

Aos 29', Dudu faz jogada individual e bate cruzado, a bola bate na trave e depois na rede pelo lado de fora. O Duque insiste e cria boas oportunidades, até que chega ao empate, aos 42', com Frontini de cabeça.

Mas logo em seguida, aos 44', Tcheco faz linda jogada, passa por vários marcadores e deixa Marcos Aurélio na cara do gol. O atacante predestinado manda por cobertura, bonito, para fazer a bola morrer no fundo das redes do adversário e garantir o Coxa na série A 2010.

Com o resultado, o Coxa chega aos 67 pontos e garante a se mantém mais uma rodada na liderança. Na próxima rodada, o Coxa recebe o Figueirense, atual segundo colocado) no Alto da Glória. Se vencer o time catarinense e o Bahia não vencer a Portuguesa, o Coxa conquista o bicampeonato brasileiro da série B.Em um jogo cheio de emoções e com gol no último minuto, o Coritiba venceu o Duque de Caxias por 3x2 no estádio São Januário e está garantido na primeira divisão do Campeonato Brasileiro 2011, mantendo a liderança da competição, ainda em busca do título da competição.

Para o confronto desta noite, o time comandado pelo técnico Ney Franco contou com o retorno do zagueiro Cleiton, que cumpriu suspensão diante do Ipatinga. A equipe iniciou com Edson Bastos, Ângelo, Cleiton, Jeci, Lucas Mendes, Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha, Enrico, Marcos Aurélio e Leonardo.

Disposto a voltar do Rio de Janeiro com a classificação garantida o Coxa partiu pra cima e logo no primeiro minuto, uma bomba de Léo Gago abriu o marcador em São Januário. O chute forte em cobrança de falta bateu na trave, nas costas do goleiro e foi morrer no fundo das redes do adversário.

Mas o adversário não estava entregue e foi em busca do empate. Aos 10', Lenilson faz jogada e bate cruzado, acertando a trave. O jogo fica bom e logo em seguida Marcois Aurélio é quem acerta o travessão adversário.

O jogo fica bastante movimentado, com as duas equipes criando. Aos 18', o Coxa chega mais uma vez com bastante perigo. Leonardo faz boa jogada, mas acaba batendo em cima do goleiro. Mas em seguida o goleiro Lopes não consegue evitar o bombardeio alviverde. Primeiro ele evita no chute de Marcos Aurélio, depois faz defesa do chute de Leonardo, Enrico acerta o rebote na trave e na quarta chance manda para o fundo das redes, ampliando a vantagem alviverde.

E se o jogo é decisivo, o que não falta é emoção e o adversário corre atrás do placar. Aos 32', em jogada da direita, Somália aproveita o cruzamento e cabeceia para o fundo das redes, deixando o adversário vivo na partida. O Coxa responde e aos 38 Rafinha arrisca em chute de longe, obrigando o goleiro adversário a se esticar todo para fazer boa defesa.

Ainda no último minuto da primeira etapa, Léo Gago tenta de cabeça, após cruzamento de Marcos Aurélio. No intervalo, o técnico Ney Franco muda o time e coloca o garoto Willian no lugar de Enrico. Logo no início, Rafinha sente e Tcheco precisa entrar na equipe alviverde.

O jogo fica muito disputado, com as duas equipes buscando o gol. Aos 17', Ney muda o time pela última vez e coloca Dudu no lugar de Lucas Mendes. Logo em seguida, escanteio para o Coxa. A bola sobra para Jeci, que bate forte, para defesa do goleiro.

Mas o Duque é perigoso também quanto ataca. Aos 20', Leandro Chjaves arrisca e Edson Bastos faz boa defesa. O atacante Somália também é perigoso e o Coxa vai se defendendo, primeiro com Jeci, em cima da linha e depois com Cleiton.

Aos 29', Dudu faz jogada individual e bate cruzado, a bola bate na trave e depois na rede pelo lado de fora. O Duque insiste e cria boas oportunidades, até que chega ao empate, aos 42', com Frontini de cabeça.

Mas logo em seguida, aos 44', Tcheco faz linda jogada, passa por vários marcadores e deixa Marcos Aurélio na cara do gol. O atacante predestinado manda por cobertura, bonito, para fazer a bola morrer no fundo das redes do adversário e garantir o Coxa na série A 2010.

Com o resultado, o Coxa chega aos 67 pontos e garante a se mantém mais uma rodada na liderança. Na próxima rodada, o Coxa recebe o Figueirense, atual segundo colocado) no Alto da Glória. Se vencer o time catarinense e o Bahia não vencer a Portuguesa, o Coxa conquista o bicampeonato brasileiro da série B.

Opinião do Coxamor:

OOOOO OOOO CORITIBA VOLTOUU!!

Mesmo com tantas dificuldades meu Verdão subiu!!!

Abraços

SAV

Pedro Franco


Bookmark e Compartilhe

Um comentário:

spemmig disse...

Parabens à nação Coxa!
Lugar de campeão brasileiro é na série A!
E aproveitando a festa pelo retorno ao Brasileirão, comunicamos que o blog Coxamor foi escolhido para representar a nação alvi-verde do Paraná na seção "adversário não é inimigo", do nosso blog São-Paulinos em Minas Gerais (spemmg).
Acesse: http://spemmg.blogspot.com/
Saudações Tricolores e sejam bem-vindos!
Clayton Romano
Historiador e editor do blog São-Paulinos em Minas Gerais (spemmg)

Voltar Para o Topo